Preocupado com o rápido aumento da propagação do coronavírus em Alagoas, o senador Rodrigo Cunha resolveu fazer um chamado para que todas as forças governamentais, legislativas e sociais se unam, e os leitos de UTI existentes no estado, inclusive os da rede privada, sejam colocados à disposição dos doentes alagoanos que necessitarem de tratamento intensivo. 

Para isso, ele sugere que os hospitais particulares informem à secretaria de saúde estadual, em tempo real, a quantidade e estrutura desses leitos. É a forma de saber quantos leitos estão livres, quantos estão ocupados e quais deles têm os equipamentos necessários e pessoal técnico para operá-los. 

“É hora de todos, Legislativo, Executivo Federal, estadual e toda a sociedade alagoana, nos unirmos para enfrentarmos esse momento crítico da pandemia. Nosso foco agora é salvar vidas, e para isso temos que otimizar os recursos disponíveis. Pouco importa se os leitos estão na rede pública ou privada, eles têm que estar a postos dos doentes que demandarem tratamento intensivo”, pontuou o senador.  

Esta é uma medida que passou a ser adotada pelo governo do Distrito Federal e que pode ser uma boa saída para Alagoas também. Rodrigo Cunha, que é presidente da Comissão de Transparência, Fiscalização e Controle do Senado, tem trabalhado para que todas as informações sejam disponibilizadas com transparência, como forma de melhorar a gestão dos recursos de enfrentamento à Covid e de monitorar os gastos públicos nessa área. 

Recentemente o Senado acatou sua sugestão de criar um hotsite com todos os dados disponíveis sobre o coronavírus. Além das informações científicas, legislativas e evolução da pandemia, a página também é uma porta para que o cidadão contribua com sugestões para que o país supere essa grave crise.

Acompanhe o trabalho do Rodrigo Cunha




Subscribe
Notify of
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments