Em mais uma ação para valorizar a juventude, tema que junto com a primeira infância tem se tornado o foco de seu mandato, o senador Rodrigo Cunha esteve nesta terça-feira com o ministro da Cidadania, Osmar Terra.

O tema do encontro foi o debate de medidas que possam tirar da situação de desolação adolescentes que deixaram a escola por não se sentirem estimulados, e não têm espaço no mercado de trabalho, os chamados nem-nem. Os jovens têm sido os mais atingidos pelo desemprego, chegando a 27% dessa população.

Ao lado do secretário de Cultura de Maceió, Vinicius Palmeira, o senador apresentou uma proposta de atenção à Juventude. O ministro gostou da ideia, e avaliou que é algo que pode ser ampliado dentro da ação de prevenção ao desemprego juvenil e combate ao consumo de drogas que vem sendo elaborada pela Pasta.

A estratégia dos alagoanos é fomentar grupos de jovens para que se reúnam em estruturas formais e sejam capacitados para empreenderem na área da cultura, ao mesmo tempo que valorizam as tradições do estado. A medida tem o condão de evitar a evasão escolar.

Osmar Terra contou que um dos focos do Ministério da Cidadania tem sido o de prevenir o desalento juvenil e estimular novos talentos, por meio do esporte, cultura e atividades no contraturno escolar. Terra informou que o governo pretende levar microcrédito para os municípios que estiverem em linha com esses princípios. A medida também visa reduzir a violência e a atração pelo crime dos jovens vulneráveis.

“Junto com a primeira infância, que tem que ter um olhar de cuidado máximo por parte dos governantes, estimular os jovens para que cresçam e se desenvolvam é um objetivo prioritário do meu mandato”, disse o senador Rodrigo.

O ministro da Cidadania sinalizou que Maceió pode ser uma das cidades escaladas para receber um piloto do programa do governo federal.

Acompanhe o trabalho do Rodrigo Cunha




Deixe um comentário

avatar
  Subscribe  
Notify of
Fechar Menu