A inclusão do Programa do Leite no Programa de Aquisição de Alimentos (PAA), conforme resolução do Ministério da Cidadania publicada no início deste mês é uma vitória para o homem do campo.

O programa é fundamental para a manutenção da renda dos produtores de leite de Alagoas e para os que recebem o produto em casa, melhorando o valor nutricional de quem está em situação de vulnerabilidade durante a pandemia.

O senador Rodrigo Cunha interveio para que o programa, que estava parado há vários meses, fosse retomado. O alagoano enviou ofícios aos ministérios da Agricultura e da Cidadania, cobrando pressa no repasse dos recursos. O governo federal é responsável por 80% da verba destinada ao programa.

Em Alagoas, a maior parte dos produtores de leite é formada por agricultores familiares, para quem o programa é fundamental, pois garante a compra de seus produtos, movimentando toda a cadeia do leite no estado.

Ao governo federal, Rodrigo Cunha pontuou que, sem os repasses, cerca de 40 mil alagoanos ligados à produção do leite estavam enfrentando dificuldades.

“O governo federal entendeu a importância desse programa para milhares de agricultores e famílias só no estado de Alagoas. Estamos acompanhando de perto. Espero que essas famílias possam rapidamente se recuperar da crise”, afirmou Rodrigo Cunha.

Acompanhe o trabalho do Rodrigo Cunha




Subscribe
Notify of
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments