Em contato já há alguns dias com cerca de 30 alagoanos que estão em Portugal sem conseguir voltar ao Brasil, o senador Rodrigo Cunha pediu neste sábado o empenho pessoal do ministro das Relações Exteriores (Itamaraty), Ernesto Araújo, para resolver essa situação. Na conversa, Rodrigo contou o drama desses brasileiros e encaminhou seus nomes e contatos. O ministro afirmou que tomará providências para trazê-los de volta e que priorizará aqueles que têm mais idade por estarem no grupo que corre maior risco em desenvolver a forma mais grave do coronavírus.

Rodrigo Cunha já havia oficiado o Itamaraty sobre a situação desse grupo, que partiu do Brasil rumo a Lisboa num cruzeiro e foi pego de surpresa com o agravamento do alastre do coronavírus. Eles tiveram seus voos cancelados e se encontram desamparados no país estrangeiro, temendo se expor aos riscos de contrair a doença e ansiosos por voltarem a suas casas.

Além desse caso de Portugal, o senador também pediu que o Itamaraty interceda por duas alagoanas que estão em Lima, no Peru, tentando voltar, sem sucesso. Elas viajaram com um voo da Avianca/Peru, que até o momento não deu qualquer assistência ou previsão de retomada dos voos.

“O ministro já havia sido informado por nós sobre essas situações e está comprometido pessoalmente a trazer todos de volta. Ele disse que chegou inclusive a cogitar o uso de aviões da FAB para socorrer esses nossos alagoanos, mas que a orientação do governo, neste momento, é que os aviões da FAB fiquem no Brasil a postos para situações emergenciais que venham a ocorrer aqui dentro do país. É um momento crítico que estamos vivendo, mas é importante tentarmos nos ajudar. O ministro se mostrou empenhado a resolver esses problemas o mais rapidamente possível”, afirmou o senador.

Outras situações de alagoanos no Paraguai também chegaram ao senador, mas essas foram resolvidas com a reabertura temporária da ponte que liga aquele país ao Brasil, possibilitando assim que os brasileiros conseguissem voltar.

Acompanhe o trabalho do Rodrigo Cunha




Subscribe
Notify of
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments