Dando sequência ao trabalho que tem feito em Brasília em busca de uma solução para a compra de 50 respiradores que nunca chegaram a Alagoas, o senador Rodrigo Cunha esteve nesta quarta-feira com o ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, que se comprometeu em enviar os equipamentos ao estado nos próximos dias.

A compra, feita pelo governo de Alagoas por meio do Consórcio do Nordeste de forma conjunta entre vários estados da região, está sob investigação da Polícia Civil, que desvendou um esquema fraudulento por parte da empresa contratada.

O senador Rodrigo foi ao Ministério da Saúde relatar a situação e pedir para que o governo federal faça a recomposição desses 50 respiradores, que não chegaram aos hospitais, mas estão fazendo muita falta neste momento. Durante a pandemia, essas máquinas podem salvar a vida dos pacientes que desenvolvem a forma mais grave da Covid-19.

Ele foi ao Ministério acompanhado do senador Eduardo Girão, do Ceará. Ambos representaram o senador Styvenson Valentim, do Rio Grande do Norte, que também assina o pedido ao Governo Federal.

“Essa situação é inaceitável e por isso estou percorrendo vários órgãos em Brasília para que a população de Alagoas não seja mais prejudicada neste momento, e esses respiradores cheguem o mais rapidamente possível aos hospitais do nosso estado”, pontuou Rodrigo.

Por meio do Ministério da Justiça, o senador alagoano também cobrou o empenho da Polícia Federal nas investigações, para que a fraude seja apurada com rigor. Ele também pediu informações ao governador da Bahia, Rui Costa, sobre a compra, já que como presidente do Consórcio do Nordeste, ele foi responsável por fechar o negócio.

Acompanhe o trabalho do Rodrigo Cunha




Subscribe
Notify of
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments