A segunda edição da Central de Emendas, espaço que o mandato do senador Rodrigo Cunha abriu para que os alagoanos participassem da destinação dos recursos do Orçamento da União, se encaminha para a etapa final. Nesta quarta-feira (21) foram divulgadas as 20 entidades pré-selecionadas para receberem os recursos das emendas parlamentares de Rodrigo em Alagoas.

Ao todo foram inscritos 72 projetos de entidades públicas, organizações sociais e filantrópicas. Entre os selecionados estão instituições ligadas à saúde; ações sociais para crianças e adolescentes; defesa do direito da mulher; cooperativa de catadores; desenvolvimento comunitário; quilombolas; bem-estar social e cultural e à defesa do meio ambiente.

“Pra mim a Central de Emendas é uma forma efetiva de dar à população de Alagoas a chance de participar da escolha dos investimentos que serão feitos com o dinheiro público. É ouvir as pessoas e dar a elas a oportunidade de resolver os problemas que elas mesmas identificaram”, avalia Rodrigo.

Nos projetos apresentados era preciso indicar o problema a ser resolvido e levantar um diagnóstico, bem como os resultados que deverão ser alcançados com o investimento. Conforme o edital, do total de R$ 16 milhões das emendas parlamentares individuais de Rodrigo, R$ 5 milhões poderão ser destinados para a Central de Emendas.

A lista das entidades aprovadas pode ser conferida no site rodrigocunha.org. A confirmação das entidades selecionadas e o envio dos recursos dependem agora de análise dos Ministérios, que vão conferir se os projetos são de fato compatíveis com os programas que os acolherão e as devidas certificações das instituições.

Quando os recursos chegarem na ponta, sua implementação será fiscalizada também pelo mandato do senador.

 

Central de Emendas 2019

Em sua primeira edição, o projeto levou recursos para a construção do Hospital de Amor de Arapiraca, referência no tratamento de câncer; para a aquisição de veículos para o programa Melhor em Casa; para a construção de ginásios de esporte; para a Santa Casa de Misericórdia e para a construção de espaços de inovação e treinamento de jovens em informática, entre outros.

Acompanhe o trabalho do Rodrigo Cunha




    Subscribe
    Notify of
    0 Comentários
    Inline Feedbacks
    View all comments