Na Mídia / Notícias

Publicado dia 28/09/2018 - 18h03

Setores culturais se reúnem em Casa Reaja e apresentam propostas para Rodrigo

A coordenação da campanha de Rodrigo Cunha ao Senado, recebeu, quarta-feira, 5, na Casa Reaja Alagoas, em Maceió, vários segmentos culturais do estado que se reuniram em torno do Café na Política, um movimento criado pelo candidato para debater, com setores específicos da sociedade, pontos e propostas que servirão de norte às suas ações no Congresso Nacional.

“Assim como faz na Assembleia Legislativa do Estado, Rodrigo Cunha também fará no Senado Federal um mandato participativo, com caráter colaborativo e com amplo diálogo com a sociedade”, destacou um dos coordenadores da campanha, reforçando a forma participativa do candidato fazer política em Alagoas.

“Alagoas tem um descaso enorme com sua cultura e com suas tradições. Trabalho há mais da metade de minha vida com isso e é triste ver Mestres de enorme sabedoria popular ter que implorar, de penico na mão, para poder trabalhar. Nós estamos deixando nossos Mestres morrerem sem os valorizar, sem os homenagear e sem espalhar as tradições culturais entre as gerações”, afirmou o mamulengueiro e artista plástico, Pierre D’almeida.

Pierre contou que conhece o trabalho de Rodrigo candidato desde o Procon e que sempre acompanhou suas propostas e projetos. Ainda, segundo Pierre, Rodrigo Cunha foi o único parlamentar a propor e realizar uma audiência aberta na Assembleia Legislativa sobre o tema cultura.

“Senti-me honrado por estar ali e ter voz. Lamento que outros parlamentares não tenham estado lá porque não era do interesse deles”, afirmou. Ele diz acreditar que Alagoas possa mudar sua história Rodrigo no Senado Federal. “Que ele possa, dentro de sua humildade e caráter, trazer propostas concretas para que a cultura de Alagoas possa reavivar”, completou.

Para a Mãe Jeane, do grupo cultural Afoxé Ofa Omin, do bairro da Ponta Grossa, zona sul de Maceió, o evento Café com Política é uma iniciativa inédita, por aproximar setores culturais e um candidato ao Senado, antes das eleições, para debaterem e discutirem propostas.

“Só de querer uma conversa com os grupos culturais afro e populares é diferente, nunca aconteceu. Quem lida com a cultura sabe o sacrifício que fazemos para manter nosso grupo de pé. É humilhante nos dirigirmos a uma secretaria e não haver retorno. Lá fora é muito difícil. Então, eu espero que o Rodrigo olhe para os grupos culturais, de fato, porque nós estamos cansados dessas situações, espero que todo o debate se transforme em algo positivo de verdade”, declarou Mãe Jeane.

Estiveram presentes representantes de atividades como dança, teatro, música, cinema e audiovisual, artes circenses, capoeira, religiões de matriz africana, entre outros.



Gabinete Maceió: Praça Dom Pedro II, s/n, Centro. CEP: 57020-900

Gabinete Arapiraca: Rua São João, 200, Alto do Cruzeiro. CEP: 57311-225

© Mandato Rodrigo Cunha.
Todos os direitos reservados.